domingo, 19 de agosto de 2012

GESTÃO EI - NOTA FISCAL PAULISTANA PARA MEI

Como emitir a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e)?
A autorização para emissão da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) deve ser solicitada on-line no aplicativo daNFS-e, no endereço eletrônico http://nfpaulistana.prefeitura.sp.gov.br/ , somente pelos prestadores de serviços estabelecidos no Município de São Paulo, mediante a utilização da Senha Web (http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/financas/servicos/senhaweb / ).
 A Secretaria Municipal de Finanças comunicará aos interessados, por e-mail, a deliberaçãodo pedido de autorização. Para saber mais acesse o Manual da NFS-e para pessoa jurídica no endereço eletrônico http://nfpaulistana.prefeitura.sp.gov.br/arquivos/manual/Manual-NFe-PJ-v4-5.pdf
Passo a passo:
Principais procedimentos para a efetiva emissão da NFS-e:
1 – acesse http://www.prefeitura.sp.gov.br
2- acesse o link Senha Web; e em seguida Solicitar Senha;
3- preencha o cadastro para solicitação da senha como pessoa jurídica,
4- em continuação, cadastre a senha numérica de 6 dígitos e o sistema lhe informará que o cadastro para solicitação da senha foi concluído com sucesso;
5- Imprima e assine a solicitação de desbloqueio da Senha Web, que deverá ser entregue pessoalmente pelo MEI na praça de atendimento da Secretaria Municipal de Finanças que fica no Vale do Anhangabaú, 206, de posse de seus documentos pessoais e os da empresa (incluindo seu número CCM);
6- De posse da senha web, o MEI deverá acessar a página da prefeitura de SP novamente e clicar em NFS-e (Nota Fiscal Eletrônica de Serviços);
7- em seguida clique em Acesso ao Sistema e digite seu CNPJ e senha Web;
8- posteriormente, clique em Configurações do Perfil, onde o MEI irá configurar seu logotipo, informar nome fantasia se houver, informar seus dados de contato etc;
9- em seguida, clique em Opção Simples Nacional, onde deverão constar seu número CCM (Cadastro de Contribuinte Mobiliário da Prefeitura) e a opção pelo regime de tributação do simples nacional;
10- acesse agora Emissão de NFS-e, clicando em Tributado em São Paulo; informe seu CNPJ e clique em avançar;
11- em seguida, a tela da emissão da nota fiscal eletrônica estará aberta e o MEI preencherá o código do serviço e as demais informações da nota fiscal, ex.: valor total da nota etc.
12- por fim, o contribuinte também poderá consultar as guias de pagamento pendentes, bem assim, as notas fiscais emitidas e recebidas em um determinado período.
25- O que é a Nota Fiscal Paulistana?
A Nota Fiscal Paulistana é um programa de estímulo aos cidadãos para que solicitem o documento fiscal (Nota Fiscal de Serviços Eletrônica – NFS-e) quando contratarem qualquer serviço na Cidade de São Paulo (estacionamentos, academias, escolas particulares, lavanderias, creches, colégios, faculdades, cursos de idiomas, construtoras, conserto de eletrodomésticos, cabeleireiros, hotéis e motéis, oficinas mecânicas, empresas de vigilância e limpeza, dentre outros).
No caso de Nota Fiscal de Serviços Eletrônica – NFS-e emitida por prestador de serviços registrado como Microempreendedor Individual (MEI), não haverá geração de crédito ao consumidor.
26- Qual a diferença entre a Nota Fiscal Paulistana e a Nota Fiscal Paulista?
O Programa Nota Fiscal Paulistana, cujo documento fiscal emitido chama-se Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e), é da Prefeitura da Cidade de São Paulo e é emitida pelos prestadores de serviços, como estacionamentos, escolas particulares, academias, dentre outros. Sua emissão gera créditos que poderão ser utilizados para transferência para conta-corrente ou poupança ou para abatimento de até 100% do IPTU.
Já a Nota Fiscal Paulista, do Governo do Estado de São Paulo, é emitida pelos estabelecimentos comerciais, em operações em que incide o ICMS, como restaurantes, supermercados e postos de gasolina.

PUBLICIDADE:

3 comentários:

fernando souza siqueira

ao emiter NF-E , terei que pagar os impostos de uma empresa comum? a nota fiscal eletronica pode ser emitida sem custos?

carlosguitar

Se você for MEI, os impostos são recolhidos de forma fixa mensalmente, não há tributação ao emitir a NF-e pois os impostos já estão sendo recolhidos através do DAS (Documento de Arrecadação do Simples) Basicamente é assim.

carlosguitar

Mais informações, participe do grupo MEI no face: https://www.facebook.com/groups/coachingempreendedor/

Dí lo que piensas...