segunda-feira, 22 de julho de 2013

REFLETINDO SOBRE TRECHOS DE “O segredo de Luísa” de Fernando Dolabela. PARTE 01

MITOS E VERDADES AOS QUAIS ME ENQUADRO OU NÃO:


Mitos e Realidades, segundo Timmons (1994)
A figura do empreendedor é cercada por estereótipos, que muitas vezes não correspondem à realidade e conflitam com as pesquisas. Iremos apresentar alguns mitos e verdades a respeito do empreendedorismo.
Mito 1 - Empreendedores não são feitos, nascem.
Realidade - A capacidade critativa de identificar e aproveitar uma oportunidade vem depois de 10 anos de experiência, tempo que conduz a um reconhecimento de padrões. O empreendedor se faz por meio de acumulação de habilidades, know-how, experiência e contatos em um período de alguns anos. É possível alguém aprender a ser empreendedor.
EU NESTA REALIDADE: Desde o meu primeiro negócio (ASSESSORIA ACADÊMICA) vejo que não nasci para patrão, odeio aquela coisa de alguém cuidar do que você faz.
Odeio que me mandem, gosto de seguir regras próprias, gosto de ir aprendendo sozinho sem professor - tropeçando nos espinhos mesmo, erro x acerto - isso faz parte de mim.
Só aprendi a entender oportunidades únicas de negócios a partir do contato com a reciclagem, serviço mais puxado, uma quase falência, montes de dinheiros presos em aplicações, poupanças forçadas e outras porcarias do mercado financeiro presas na mão de terceiros porque disseram que eram bons e eu contratei, pronto.
Perdi o número de vezes que poderia ter ganhado o quintuplo do dinheiro se tivesse investido em infra-estrutura ou maior nível de aplicações com maiores valores.
Comecei a ter amizades relevantes com blogs e sites que estou montando, quase me rendeu, renderia uma posição de alta confiança em uma empresa no segmento adulto de 

Mito 2 - Qualquer um pode, em qualquer tempo, começar um negócio.
Vejo muitos amigos quebrarem em seus negócios, porque quebram?
SIMPLES não tem o talento necessário para viverem sobre pressão ou risco, eu tenho mais de cinco anos em meu negócio porque tenho sangue frio demais.
Realidade - Os empreendedores que reconhecem a diferença entre ideia e oportunidade e pensam grande o suficiente têm maiores chances de sucesso. A parte mais fácil é começar. Difícil é sobreviver. Talvez somente uma, entre 10 e 20 novas empresas que sobrevivem por cinco anos ou mais, consiga ter ganhos de capital.
Começar cada um segmento que trabalho hoje foi fácil demais, na escola comecei fazer os trabalhos de meus colegas para ganhar uns trocados e ser menos nerd bobo e ter um rendimento sobre o que os outros não faziam e ganhavam nas minhas costas; mais fácil ainda foi começar a catar latinhas por acaso depois de uma corrida que eu havia disputado em Contagem e no dia o onibus atrasou e não tinha nada pra fazer, mais manha ainda, começar a fazer sites pré prontos no UOL BLOGS; contudo formular campanhas interessantes ad-sense com alto valor agregado de técnicas SEO é um desafio, investir em um veiculo manual-trator de ferro velho e saber estruturar ele da engenharia de organização dos materiais a análise das formas de desgaste deste instrumento de trabalho é um modo de criar novos tipos de vitória sobre a complexidade do meu trabalho, ganhar dinheiro com trabalhos de faculdade em cadeia foi dificil, porque não plagiar sem necessidade de entregar prazos e qualidade é quase impossível.
esses detalhes me levaram ao lucro e sobrevivi a cinco anos nestes negócios piorque achei fácil e não me entreguei aos fracassos da facilidade. 
Mito 3 - Empreendedores são jogadores.
Nunca joguei, somente fui estrategista no máximo. Escolhi reciclagem não por ser uma aposta e sim por observar grande potencial neste segmento, muito material nas ruas, pouca especialização de concorrentes, diversidade na variedade da commoditty de negociação, entre outros. Criei uma rede de entretenimento com blogs de diversos assuntos (HUMOR, ADULTO, CULTURA GEEK) é porque vejo na globalização da comunicação um veículo inovador com diversos públicos.
Isso é um jogo de 
Realidade - Empreendedores de sucesso assumem riscos calculados, minimizam riscos, tentam influenciar a sorte.
Mito 4 - Empreendedores querem o espetáculo só pra si.
Montei uma equipe de atletismo para demonstrar que quero investir em outros atores e escalar novos talentos para expor minha marca, quero ser investidor-anjo de outros microempreendedores individuais auxiliar assim novos empreendedores estarem no meu sucesso e partilhar com eles um 
Realidade - O empreendedor individual produz uma receita que lhe permite somente “ganhar a vida”. É difícil desenvolver e manter sozinho um negócio de alto potencial. Os empreendedores de sucesso constroem uma equipe, porque 100% de nada é nada e eles trabalham pra aumentar o bolo, em vez de tirar parte dele.

0 comentários:

Dí lo que piensas...