sábado, 24 de janeiro de 2015

BANCO DO EMPREENDEDOR EM FOCO

O Instituto Divino Espirito Santo - PRODIVINO um dos destaque em termos de assessoria a crédito aos microempreendedores individuais e atuando como banco cooperativo alternativo a esta classe, modificou seu estatuto no último dia 06 (Sexta), baseado na mudança da medida provisória MP - 01 publicada no dia anterior, a instituição passa se chamar Banco do Empreendedor - como pano de fundo de tal mudança temos a apresentação ou retorno de Ary Carvalho Fontes como Presidente da Instituição, nesta segunda passagem pela instituição, a primeira foi em 2010, sua volta representa um novo sentido a instituição que tem como maior desafio em 2015 intensificar seu programa de Recuperação de Crédito, desde 2011 até agora a economia como um todo está retraída e com um contexto de que mais da metade dos empreendedores individuais do país estão com alguma dívida com a receita e mais de 63% não apresentam aumento de ganhos em seus negócios durante os exercicios de 2013/2014, todo esse contexto será uma grande plataforma para o instituto que tem como grande visão e busca, tentar priorizar ao máximo o empreendedor individual nesta realidade e dar estrutura real para que ele tenha um processo de formalização integral e com qualidade para expansão. ioO Instituto Divino Espirito Santo - PRODIVINO um dos destaque em termos de assessoria a crédito aos microempreendedores individuais e atuando como banco cooperativo alternativo a esta classe, modificou seu estatuto no último dia 06 (Sexta), baseado na mudança da medida provisória MP - 01 publicada no dia anterior, a instituição passa se chamar Banco do Empreendedor - como pano de fundo de tal mudança temos a apresentação ou retorno de Ary Carvalho Fontes como Presidente da Instituição, nesta segunda passagem pela instituição, a primeira foi em 2010, sua volta representa um novo sentido a instituição que tem como maior desafio em 2015 intensificar seu programa de Recuperação de Crédito, desde 2011 até agora a economia como um todo está retraída e com um contexto de que mais da metade dos empreendedores individuais do país estão com alguma dívida com a receita e mais de 63% não apresentam aumento de ganhos em seus negócios durante os exercicios de 2013/2014, todo esse contexto será uma grande plataforma para o instituto que tem como grande visão e busca, tentar priorizar ao máximo o empreendedor individual nesta realidade e dar estrutura real para que ele tenha um processo de formalização integral e com qualidade para expansão. 



Um outro projeto para a nova gestão de Ary está calcado na retomada de programas antigos da instituição que sairam de pauta e prática após sua saída, entre eles que tem haver também com o que foi dito no último parágrafo anterior, seria os programas de financiamento segmentados, entre eles destacamos o financiamento para mototaxistas e de carteira de motorista direcionada a trabalho em qualquer classe de trabalho.










PUBLICIDADE: 

VERDADE OU MENTIRA? BASTA CLICAR PARA SABER



0 comentários:

Dí lo que piensas...